Chat do Blog Sporting 2011/2012 Bem- Vindos

domingo, 31 de julho de 2011

Leão de construção

O Sporting apresentou-se aos seus associados com a recepção ao Valencia (0-3), com perto de 49 mil espectadores no Estádio José Alvalade.

As bancadas de Alvalade encheram de entusiasmo «leonino» muitos minutos antes do apito inicial de Pedro Proença, com Domingos Paciência a escolher – como principais novidades no 4x1x3x2 inicial» - Diego Rubio como companheiro de ataque de Hélder Postiga, meio-campo com Rinaudo e Schaars, e Onyewu ao lado de Carriço na zona central da defensiva.
O Valencia mostrou, logo no minuto inicial, que não queria participar na grande festa de apresentação «verde e branca» - que incluiu a presença de um leão no relvado – com Pablo Hernandez a rematar ao poste, antes de, três minutos depois, Juan Bernat inaugurar o marcador, ao ser o mais lesto a chegar a um lançamento lateral junto da área «verde e branca».
Hélder Postiga, aos 11 minutos, rematou forte de fora da área, obrigando o guarda-redes valenciano a defender com dificuldade para canto, mas foi o Valencia que voltou a marcar, quando Soldado (32 m) apareceu «cara a cara» com Patrício – novamente com a jogada a nascer num lançamento de linha lateral – com o avançado espanhol a não ter problemas em desfeitear o guardião «leonino».
Os espanhóis revelavam-se letais a aproveitar as desatenções defensivas «verdes e brancas» e Piatti (43 m) apareceu solto ao primeiro poste para responder ao cruzamento de Pablo Hernandez, que se isolou no corredor esquerdo, após mais um lançamento lateral marcado rapidamente pela equipa valenciana.
Ao intervalo, o treinador «leonino» fez três alterações, e várias correcções posicionais, e o Sporting apresentou-se melhor na manutenção da posse de bola e nas recuperações ataque-defesa, embora o Valencia descesse o seu bloco para junto da sua área, o que dificultou a entrada dos jogadores «verdes e brancos» no último reduto contrário.
Aos 58 minutos entraram Luís Aguiar, André Santos e André Martins, e o Sporting terminou o encontro em 4x3x3, com os reforços Capel e Carrilo a mostrarem velocidade e capacidade de penetração nos corredores. A equipa «leonina» procurou o golo de honra nos últimos minutos, com Diego Capela a conseguir introduzir a bola na baliza, mas o lance foi invalidado por fora de jogo de Carrillo, no momento em que o peruano assistiu Capel.
Entre os 27 jogadores do plantel, apenas Tiago, Atila Turam e Bojinov não foram utilizados por Domingos Paciência, num encontro em que os jogadores tevelaram qualidade individual, mas que a equipa está em construção.
O Sporting volta a jogar no próximo fim-de-semana, em Cadiz, no Torneio Ramon Carranza.
Ficha de Jogo
Futebol – Jogo de apresentação
30 de Julho de 2011 (Estádio José Alvalade)
Árbitro: Pedro Proença
Árbitros auxiliares: André Campos e Ricardo Santos.
Resultado ao intervalo: 0-3.
Sporting, 0
Rui Patrício (Marcelo Boeck, 64 m), João Pereira (Carrillo, 81 m), Daniel Carriço (Polga, 64 m), Onyewu (Rodriguez, 45 m), Evaldo; Rinaudo (André Santos, 58 m), Schaars (Luís Aguiar, 58 m), Izmailov (Bruno Pereirinha, 45 m), Yannick Djaló (Diego Capel, 64 m), Hélder Postiga ( André Martins, 58 m) e Diego Rubio (Ricky van Wolfswinkel, 45 m). Suplentes não utilizados: Tiago, Atila Turam e Bojinov.
Valência, 3
Diego Alves; Bruno, Rami, Ricardo Costa e Jordi Alba; David Albelda e Mehmet Topal; Pablo Hernandez, Pablo Piatti e Bernat; Roberto Soldado. Treinador: Unai Emery. Jogaram ainda: Dealbert, Feghouli, Mata, Jonas, Maduro, Mathieu, Miguel, Pardo e Portu. Golos: Juan Bernat (4 m), Soldado (31 m) e Piatti (42 m).

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário