Chat do Blog Sporting 2011/2012 Bem- Vindos

domingo, 2 de outubro de 2011

Pelo 2º jogo consecutivo a jogarmos 10 contra 12, mais uma vitória !


O Sporting entrou bem no jogo frente ao V. Guimarães e, mais uma vez, colocou-se cedo em vantagem no marcador, através de Capel. Foi aos sete minutos que Schaars conseguiu recuperar a bola a meio-campo e lançou Capel na esquerda para este correr em grande velocidade e efectuar um remate forte e certeiro.

O Sporting jogava bem e mostrava-se um opositor muito perigoso, até Bruno Paixão decidir que também tinha que fazer parte do espectáculo (como aliás é o seu género).

Aos 22 minutos, eis que Paixão evidenciou os seus propósitos, ao ser tão excessivo na amostragem do cartão vermelho a Rinaudo. O médio argentino adiantou a bola e entrou com o pé em riste sobre Maranhão, acertando na canela do vimaranense. O amarelo seria o mais justo, mas Paixão nem hesitou. Foi rigoroso, mas foi só para os de verde e branco, porque nos minutos que se seguiram foram os vários lances em que os jogadores de Guimarães também entraram com o pé em riste sobre os «leões» e aí… aí a decisão foi bem mais pacífica (uma vezes até mostrou o amarelo, mas noutras apenas marcou a falta).
Mesmo assim, o Sporting foi para o intervalo a vencer por 1-0, perante um Vitória que acertava pouco nas suas investidas.

No segundo tempo, Domingos Paciência organizou a equipa de forma a que esta fosse muito forte defensivamente. E conseguiu. Os «leões» conseguiram impedir que os vimaranenses chegassem ao empate e venceram todas as adversidades. Os três pontos alcançados mostram a enorme solidariedade, a grande entreajuda que existe no seio do Sporting.

Ficha de jogo
Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.
Árbitro: Bruno Paixão.

V. GUIMARÃES: Nilson; Alex, Freire (Barrientos, 35 m), João Paulo e Bruno Teles; Renan (Toscano, 71 m), El Adoua e Nuno Assis; Faouzi (Soudani, 45 m), Edgar e Maranhão.
Treinador: Rui Vitória.
Suplentes não utilizados: Douglas, NDiaye, Leonel Olímpio e Targino.
Acção disciplinar: cartão amarelo para Bruno Teles (39 m), Barrientos (41 m), Alex (42 m), Soudani (47 m), Nuno Assis (81 m) e João Paulo (82 m).

SPORTING: Rui Patrício; João Pereira, Onyewu, Anderson Polga e Insúa; Elias, Rinaudo e Schaars; Carrillo (André Santos, 45 m), Van Wolfswinkel (Daniel Carriço, 80 m) e Diego Capel (Evaldo, 57 m).
Treinador: Domingos Paciência.
Suplentes não utilizados: Marcelo, Matias Fernandez, Bojinov e Rubio.
Acção disciplinar: cartão amarelo para Evaldo (68 m), Schaars (74 m), Elias (81 m). Cartão vermelho para Rinaudo (22 m).
Golo: Capel (7 m)

Texto: Nélida Gomes, In Spoting.pt

Resolvemos desta vez meter a crónica retirada, com os devidos direito de autor, do site do nosso clube, de modo a sublinhar também a parte dos 22 Minutos, completamente injusta, pelo 2º jogo consecutivo...

Sabemos que o estilo de jogo de Rinaudo não é dos mais pacíficos, mas é dos jogadores que mais garra e poder físico tem, é normal este tipo de lances acontecer, agora para vermelho directo ??
Completamente exagerado e sem propósito...
O cartão amarelo e uma advertência seria o mais correcto na minha opinião, mas não nos podemos esquecer que o "doutor" árbitro Bruno Paixão já nos vem habituando a "arranjos" destes, estou curioso para ver o relatório da arbitragem deste jogo.

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário