Chat do Blog Sporting 2011/2012 Bem- Vindos

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Benfica x Sporting

Boas,

Hoje vou falar do jogo de sábado entre o Sporting e o Benfica, disputado no estádio da luz, a contar para a 11º jornada da liga portuguesa. Foi um jogo bem disputado, dividido e que não se pode dizer que tenha sido controlado inteiramente por uma equipa sem se estar a fugir a verdade.

O Sporting entrou em campo sem medo, a jogar olhos nos olhos com o Benfica, ao contrario do que se dizia, mas com algumas cautelas na parte mais recuada do terreno de jogo, pois a trinco jogou Daniel Carriço, um central de raiz e com características mais defensivas, do que André Santos, o outro jogador também apontado para essa posição, este um jogador mais trabalhador na construção de  jogo e em saída para o ataque. A escolha de Carriço baseia-se na tentativa de anular Aimar, um jogador perigosíssimo quando tem espaço, e penso que foi bem sucedido nesse aspecto.

Na primeira parte foi o Sporting o primeiro a criar quando as 6 minutos após um cruzamento de Diego Capel, Ricky van Wolfswinkel cabeceia a bola ao lado da baliza de Artur, pouco depois ao minuto 11 o Benfica faz a sua primeira jogada de verdadeiro perigo, após um canto marcado para a entrada da área Gaitan faz um remate de primeira perigosíssimo para a baliza de Rui Patrício, com a bola a bater no poste. Ao minuto 14 após uma bola metida na área Wolfswinkel atrasa de cabeça para Schaars que faz um remate de primeira que sai muito perto da baliza do Benfica. Ao minuto 41 aconteceu o pior que podia ter acontecido, o golo do Benfica, após um canto Javi Garcia aparece ao primeiro poste mais alto que todos os outro e desvia a bola para o fundo das redes da baliza defendida por Rui Patrício, está feito o 1-0 para o Benfica. Na primeira parte não há mais nada a registar.

A segunda parte começa com um livre para o Sporting, onde ocorre um dos casos do jogo, no meio da molhada na área do Benfica, Onyewu é agarrado e derrubado por Jardel, um lance que a meu ver é penalty, mas que compreendo que não seja marcado pois o arbitro não consegue ver tudo e admite-se que não se tenha apercebido do penalty. Ao minuto 50 o Benfica tem uma oportunidade flagrante de golo, após um erro de Onyewu que entrega mal a bola que sobra para Amiar que, por sua vez, entrega a Cardozo que tira Polga e depois Onyewu da frente e só não marca porque Rui Patrício faz uma grande defesa. Ao minuto 58 após um cruzamento de Carrillo, Elias cabeceia sozinho no meio da área para uma boa defesa de Artur ao minuto 62 após ultrapassar Emerson, Carrillo é derrubado na área, não me recordo por quem, e fica um penalty por marcar, parece impossível mas eu procurei mas não encontrei em lado nenhum a repetição desse lance, no seguimento do lance Cardozo é expulso por protestos. Ao minuto 64 Elias volta a desperdiçar outra excelente oportunidade, desta vez após a insistência de Wolfswinkel que consegue impedir a bola de sair, perante a distração da defesa adversaria, e rematar para a defesa incompleta de Artur uma vez que a bola sobrou para Elias que sozinho mandou ao lado.

Deste jogo fica uma boa exibição do Sporting, que fez tudo para levar o Benfica vencido, mas que devido a alguma ineficácia na hora de marcar não conseguiu pontuar. Esta é uma equipa jovem e que pode vir a dar muitas alegrias aos adeptos e apesar da derrota á que continuar a acreditar nesta equipa não só para o futuro como também para o presente.

Saudações leoninas

Miguel Martins Amado

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário