Chat do Blog Sporting 2011/2012 Bem- Vindos

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Marítimo vs Sporting


O Marítimo venceu este sábado o Sporting, por 2-0, onde o quarto lugar estava em jogo. Se o Sporting vencesse, aumentava a distância para o Marítimo, se perdesse, ao ficarem com os mesmos pontos, os Madeirenses teriam vantagem no confronto direto.

O Marítimo entrou melhor e durante todo o primeiro tempo houve poucas jogadas de perigo da nossa parte.

A dupla de defesas que sugeri Xandão-Onyewu revelou-se bastante lenta, mas mais não se podia pedir, porque a característica destes dois senhores é o jogo anti-aéreo e não o 1 vs 1.
Depois de duas grande defesas – a remate de Danilo Dias (15’) e a livre de João Guilherme (21’) – Rui Patricio não conseguiu evitar o remate forte e de longe de Benachour, em que o nosso Guarda-Redes cometeu um erro, em vez de a bola ter sido defendida para fora, foi defendida para a própria baliza, acontece e não o posso condenar por isso, pois esta época já nos salvou de inúmeros golos parecidos.

Aos 29’, Arias, escolhido para a titularidade, no lugar do castigado João Pereira, rematou forte para grande defesa de Peçanha, numa oportunidade clara do Sporting fazer o golo. Não é um mau jogador, não nos podemos esquecer que foi o seu primeiro jogo a titular, não se podia exigir muito.

Na tentativa de inverter a situação, Domingos fez dupla substituição à entrada para a segunda parte, saindo Pereirinha (que mal tocou na bola) e Carrillo, para entrar Izmailov e Schaars, de regresso após quase três semanas afastado por lesão.

O Marítimo recuou, tentando ganhar o meio-campo e partir para o contra-ataque, com o Sporting a ter mais posse de bola, ainda que sem efeitos práticos.

E foi numa altura que os leões tentavam chegar ao empate, que os insulares ‘ganharam’ o quarto lugar da Liga. Aos 59’, Danilo Dias. O jogador surgiu sem marcação perante Rui Patrício, assistido por Benachour, rematando rasteiro e cruzado para ‘matar’ o jogo.

No lance seguinte, Arias aproveitou bem uma bola corrida que Wolfswinkel não consegiu agarrar, tentou bater Peçanha, de novo, mas sem sucesso.

Sinceramente Wolfswinkel fez mais um jogo em que parecia que só estava a fazer o número, precisamos de um matador á séria, este rapaz parece que já deu tudo o que tinha a dar para esta época... Falha recepções, falha remates quase isolado,... enfim!

O Sporting somou assim a quinta derrota consecutiva fora nesta Liga. Chegados a Lisboa, como podem ler na notícia já publicada, cerca de 50 adeptos do Sporting receberam a equipa e os dirigentes com assobios.

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário