Chat do Blog Sporting 2011/2012 Bem- Vindos

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Marítimo X Sporting

Boas,

Hoje vou falar do jogo Marítimo X Sporting, disputado no estádio dos Barreiros, Madeira, a contar para a 18º jornada do campeonato.

O jogo marca o regresso de Rinaudo, como titular, ao campeonato e a estreia de uma dupla de centrais nunca antes utilizada, Onyewu e Xandão, e ainda a estreia a titular do jovem jogador colombiano, Santiago Arias, mas o jogo não acabou como todos esperávamos, com a vitória do Sporting, muito pelo contrario é o Marítimo que acaba por sair vitorioso deste jogo.

A primeira parte começa logo com uma ataque perigoso do Marítimo, uma jogada rápida pela direita, que acaba comum pontapé por cima da baliza de Rui Patrício, parecia um presságio do que ia ser o jogo. Mas o Sporting não reagiu e aos 21 minutos, Roberto Sousa, para quem deixo uma mensagem de força porque como disse Pedro Martins, treinador do Marítimo, morreu-lhe a avó, de livre, obrigou Patrício a fazer um grande defesa para canto, canto esse que daria origem ao golo dos insulares, após um corte para a entrada da área Benachour chuta fazendo o golo do Marítimo, Patrício fica mal na fotografia, mas a bola ainda e desviada por Carrillo traindo o guardião do Sporting. Estava feito o 1-0 para o Marítimo. Com o resultado em 1-0 estava-se a espera que o Sporting fosse para cima do Marítimo mas não foi ao contrario e voltou a ser o Marítimo a criar perigo, após um livre de Danilo, João Guilherme aparece na cara de Patrício, mas desperdiça a oportunidade. Acaba assim a primeira parte em que o Marítimo fez um grande jogo contra uma equipa que nem me atrevo a chamar-lhe Sporting, porque o Sporting é que aquilo não era, uma equipa francamente má onde apenas se pode destacar 2 grande defesas de Patrício.
Segunda parte, o Sporting faz 2 alterações, sai Pereirinha e Carrillo e entra Schaars e Izmailov, e parece que vai mudar alguma coisa pois o Sporting passa a ter o controlo do jogo, mas também por culpa do Marítimo que recuou e passou a jogar única e exclusivamente em transições rápida e é assim que ao minuto 60 faz o golo, numa transição rápida, Xandão ao tentar cortar a bola escorrega, Benachour aproveita e continua o ataque entregando em Danilo Dias que frente a frente com Patrício não lhe da hipótese de defesa, fazendo assim o 2-0 para o Marítimo. Pouco mais há a dizer, o jogo conta apenas com um cabeceamento de Wolfswinkel e mais um ataque rápido do Marítimo que acaba com um falhanço incrível de Sami.

Uma vitoria merecida do Marítimo perante um Sporting irreconhecível, que nem na 2º B ganhava a alguém. A destacar um jovem colombiano chamado Santiago Arias, que foi o único a surpreender nesta equipa. Espero que alguém diga e esses senhores do futebol o que é o Sporting porque parece que não sabem, e se sabem respeitem a camisola/casaco que envergam pois não me refiro apenas a jogadores, porque já chega de desculpar a equipa técnica e todo o staff do futebol do Sporting, e não me venha dizer que o Domingos é um bom treinador que já o mostrou no Braga e tal, porque o Paulo Bento tinha feito muito e melhor e sem o dinheiro que todos os outro tiveram e correram com ele a pontapé. Sempre incentivei a apoiar a equipa e ainda vos peço isso porque e o que vou fazer no próximo jogo em Alvalade, mas acho que já chega de defender um homem que ainda não fez nada pelo Sporting e parece que já foi campeão, a que por pressão em toda aquela equipa e staff pois não a lugares cativos no Sporting, penso que Domingos pensa que tem o lugar seguro e se calhar se lhe apertassem os calcanhares pudesse fazer um pouco melhor. Vou pegar numa frase de um treinador rival, Jorge Jesus, que diz “…os treinadores, têm de viver dia-a-dia, pois estão dependentes de resultados.” e penso que isso não está a acontecer no Sporting, o treinador sente-se intocável o que também não é bom.

FORÇA SPORTING, QUINTA VAMOS DAR MAIS UM PASSO NA CONQUISTA DA EUROPA.

Saudações Leoninas,
Miguel Martins Amado

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário